menu

28 de julho de 2017 às 14:00

Estudante recria Última Ceia com "Jesus corintiano"

Famoso quadro de Da Vinci foi parodiado com Judas Iscariotes palmeirense

Sidney Simplício, estudante de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Ceará (UFC), utilizou-se do famoso quadro de Leonardo da Vinci, Última Ceia, para fazer uma versão inusitada do quadro.

A ideia nasceu na disciplina de Teorias Estéticas da Arte, quando a professora passou um trabalho com o qual era para se fazer uma releitura de alguma obra de arte famosa. E Sidney resolveu usar o futebol para retratar sua paródia.

A paródia, que lhe rendeu uma nota alta na disciplina, também chamou a atenção pela retratação dos times em quadro. Jesus é retratado corintiano, enquanto Judas Iscariotes é palmeirense.

“Meu irmão mais novo é palmeirense. Não bastasse isso, meu filho mais velho era corintiano. Daí meu irmão fez com que meu filho começasse a torcer pelo Palmeiras. Acho que isso já explica muito da escolha de Jesus, não é?”, falou, em entrevista ao Globo Esporte.

Ele revela a motivação em torno da pintura. “A intenção de misturar futebol com religião é porque são dois assuntos que são tabu. Futebol e religião ninguém discute? Por que não? Fiz essa releitura juntando os times”.

A maioria das camisas são da década de 1990, e para a produção, Sidney passou por um trabalho de seleção com um amigo colecionador.

“Pensei em colocar Jesus como juiz e depois colocar os times de futebol. Mas acho que a repercussão não seria tão agradável. Por isso, corintiano que sou, escolhi Jesus como Corinthians. E Judas como Palmeiras, não é?”, riu.

“O restante foi mesmo de acordo com o posicionamento e as cores originais da imagem. O cara com a camisa do Inter, por exemplo, na original está com uma vestimenta de tom mais avermelhado. E por aí vai”, afirma.

Cada imagem foi feita separadamente, com fotografias dispostas na entrada do campus da UFC. E, mais tarde, juntou as imagens que estavam separadas em uma única montagem.

“A maioria eu não tenho sequer o contato. Tem gente ali que nem de futebol gostava. Quem vestiu a camisa do Inter, pouco sacava de futebol, por exemplo. O cara que vestiu a camisa do São Paulo usou uma camisa de futebol pela primeira vez na vida, inclusive”, disse.

“O filho dele olhou e disse: ?Engraçado, o senhor com uma camisa de futebol?. Teve gente que deixou de fotografar porque já tinham camisa do time dele. Mas assim. O Jesus, por exemplo, é mineiro. Mas ele vestiu a camisa do Corinthians”.

Fonte: GospelPrime

comentários

Estúdio Ao Vivo